Vereadora solicita que Salvador notifique contaminados de Covid-19 por cor e raça

Vereadora solicita que Salvador notifique contaminados de Covid-19 por cor e raça
A vereadora reforça a necessidade de realização do projeto, uma vez que o Covid-19 tem atingido mais o povo negroFoto: Divulgação | Câmara Municipal

A vereadora Marta Rodrigues, líder do PT na Câmara Municipal de Salvador, apresentou nesta terça-feira, 16, um projeto de lei para garantir equidade na atenção integral à população negra durante a pandemia da Covid-19. A medida visa que as vítimas de contaminação do coronavírus sejam notificadas, entre muitos critérios, também em relação à cor/raça.

De acordo com a proposta, essa notificação deve ser feita pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em todos os casos que chegarem com suspeita e com confirmação. A vereadora reforça a importância do projeto, uma vez que a Covid-19 tem atingido mais o povo negro, “devido à facilidade de comorbidades dessa população”.

O documento foi protocolado no dia 9 de junho, onde Marta pede que seja inserido nos protocolos de atendimento os portadores de anemia falciforme, deficiência de glicose 6, fosfato desidrogenase, tuberculose, usuários de CAPS em tratamento para transtornos mentais, hipertensão arterial, diabetes melito, coronariopatias, insuficiência renal crônica, câncer e mulheres negras assistidas por assistência neonatal.

Por fim, o projeto ainda solicita que se inclua nos registros de notificação das Síndromes Respiratórias Agudas Graves e Covid-19, espaço para preenchimento da população negra em condições de vulnerabilidade como: população em situação de rua, imigrantes e pessoas privada de liberdade.

3 comments

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

3 Comments

  • PAULO PRINGSHEIM
    17 de junho de 2020, 09:06

    Essa desgraça quer uma definição por cor e raça. Se fossemos defini-la diríamos: cor indefinida, raça canina, sem pedrigree. Essa sacana além de feia, é burra. Típico exemplo das mulheres do PT.

    REPLY
  • Lu
    17 de junho de 2020, 12:09

    Que ridículo! Atitude inútil. Quer ajudar os desfavorecidos, saia de sua casa e leve cesta básica, remédio. Definitivamente, essa vereadora não tem mais o que fazer.

    REPLY
  • Ricardo
    17 de junho de 2020, 20:46

    Já entendi o que ela deseja, formar dados, para depois reinvindicar posteriormente ajuda financeira para o mais afetado, por meio das entidades que ela faz parte, mesmo sabendo que a COVID não escolhe cor ou raça. Os pensamentos deles são financeiros

    REPLY