Vacinação em Salvador começa nesta terça-feira nas Obras Sociais Irmã Dulce

Vacinação em Salvador começa nesta terça-feira nas Obras Sociais Irmã Dulce
Local escolhido foi o Hospital Santo Antônio, parte das Obras Sociais Irmã DulceValter Pontes / Secom

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM) e o governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciaram que a vacinação na capital baiana terá início na terça-feira, 19, às 9h. O local escolhido foi o Hospital Santo Antônio, parte das Obras Sociais Irmã Dulce.

As doses do imunizante Coronavac, produzido em parceria ente o Butantan e o laboratório chinês Sinovac, devem chegar ainda nesta segunda-feira, 18, em Salvador, até as 22h.

Anteriormente, o prefeito havia anunciado que a imunização local começaria na próxima quarta, 20, mas com a liberação do Ministério da Saúde para que estados possam vacinar ainda hoje, a medida foi antecipada. Segundo Reis, a capital baiana está totalmente preparada com estrutura e profissionais para iniciar a aplicação das doses, seguindo as determinações do Plano Municipal de Imunização.

De acordo com a divisão proporcional entre os municípios, e com a necessidade de estocar imunizantes já que a Coronavac requer a aplicação de 2ª dose, devem ser imunizadas 22 mil pessoas em Salvador neste primeiro lote. A vacinação seguirá o Plano Municipal de Imunização com a delimitação dos grupos prioritários.

Na primeira fase, serão vacinados os trabalhadores de saúde, pessoas com mais de 75 anos, pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência como asilos e instituições psiquiátricas, indígenas e povos/comunidades ribeirinhas. A segunda fase abrangerá pessoas de 60 a 74 anos.

Na terceira fase, pessoas com comorbidades crônicas, transplantados e obesidade serão o ponto focal, enquanto na quarta fase, incluída pela prefeitura, a imunização será para os trabalhadores de educação, pessoas com deficiência severa, membros das forças e salvamento, funcionários do sistema carcerário, trabalhadores do transporte coletivo, transportadores de carga e população carcerária.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *