Salvador terá imunização em domicílio para idosos acima de 90 anos, anuncia Bruno Reis

Salvador terá imunização em domicílio para idosos acima de 90 anos, anuncia Bruno Reis
Só poderão ser imunizados os idosos residentes em Salvador e cadastrados no SUSShirley Stolze / AG. A TARDE

Cássio Santana

O prefeito Bruno Reis (DEM) anunciou, na manhã deste sábado, 30, que Salvador terá vacinação em domicílio para idosos acamados e impossibilitados de irem aos centros de imunização na capital. Intitulada “Vacina Express”, o procedimento tem como público alvo idosos acima de 90 anos e atenderá 70 pessoas por dia a partir da próxima terça-feira, 2.

De acordo com o prefeito, só poderão ser imunizados os idosos residentes em Salvador e cadastrados no SUS. Há uma lista disponível para consulta dos nomes habilitados a se vacinarem no site (vacinaexpress.saude.salvador.ba.gov.br). O idoso que não tiver o nome na lista, e que preenche os requisitos para ser vacinado, poderá solicitar a inclusão no Quinto Centro para receber a vacinação em casa.

Bruno confirmou que haverá dois drive-thrus disponíveis de maneira exclusiva para imunização de idosos em Salvador, um localizado no Quinto Centro e outro no Subúrbio.

“Tanto na região que engloba o Quinto Centro como no Subúrbio tem um índice grande de pessoas com 90 anos, uma grande concentração de idosos. Então achamos necessário ter estes pontos nestes lugares, e pedimos a ajuda de familiares dos idosos para agilizarmos a vacinação deste público”, disse o prefeito.

A prefeitura pretende iniciar a vacinação do grupo prioritário na próxima terça-feira, 02 e concluir a imunização d no dia 7 do mesmo mês. O cronograma de imunização vai dividir a vacinação de acordo com a idade dos idosos. Na terça, serão vacinados os idosos a partir de 95 anos, na quarta, 3, de 95 anos, na quinta, 4, 93 anos, na sexta, 5, de 92 anos, no sábado, 6, de 91 anos e no domingo, os idosos de 90 anos.

O democrata salientou que apenas idosos residentes em Salvador, cadastrados no SUS, podem ser vacinados na capital. A exceção, segundo o prefeito, é quando há um idoso de outro estado ou cidade instalado e com parentes em Salvador. Neste caso, os parentes poderão apresentar o comprovante de residência e cadastrar o idoso para a vacinação.

8 comments

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

8 Comments

  • Marcus
    31 de janeiro de 2021, 06:14

    Não tem esse negócio de cadastrado no SUS e também essa burrice de apresentar conta de luz. O SUS é Universal.

    REPLY
  • Cilce feitosa Silva
    1 de fevereiro de 2021, 08:09

    Minga mae cadeirante e meu pai tambem mae 94 e pai 92 e tem 03 cuidadores.
    Ana Célia 66 ano
    Rejane 67 anis
    Maria auxiliadora

    REPLY
  • Gilson
    2 de fevereiro de 2021, 16:59

    Isso é um absurdo o idoso pega remédio no posto todo mês e não consta na lista que sistema é esse, ter que fazer recadastramento, levar um idoso para ser vacinado já é uma dificuldade, vamos facilitar!

    REPLY
  • Atanasia Sena Ferreira
    2 de fevereiro de 2021, 23:51

    Gostaria de escrever minha mãe que tem 93 anos e ela é acamada para tomar a vacina do covid-19 para tomar em casa

    REPLY
  • Rosângela de Assunção Dantas
    3 de fevereiro de 2021, 10:18

    Bom dia
    Estou tentando cadastrar minha mãe, ela tem 92 anos e tem problema de locomoção. Estou desde o dia 1 tentando a inscrição e não consigo. Como faço?hoje apareceu que as vagas estão esgotadas. Aguardo algum retorno.

    REPLY