Rui Costa sai em defesa de Pazuello: ‘Medida sensata sobre acesso à vacina’

Rui Costa sai em defesa de Pazuello: ‘Medida sensata sobre acesso à vacina’
O gestor destaca a importância do imunizante para o combate ao novo coronavírusFoto: Paulo Fróes | GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), saiu em defesa do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na manhã desta quarta-feira, 21. O titular da pasta anunciou a a compra de 46 milhões de doses da vacina produzida pela empresa chinesa Sinovac, em parceira com o governo de São Paulo, comandado por João Doria (PSDB). No entanto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu não autorizar o Ministério a incluir a CoronaVac – intitulação do imunizante – no Programa Nacional de Imunizações (PNI).

“A VACINA CHINESA DE JOÃO DORIA – Para o meu Governo, qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser COMPROVADA CIENTIFICAMENTE PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE e CERTIFICADA PELA ANVISA. Não se justifica um bilionário aporte financeiro num medicamento que sequer ultrapassou sua fase de testagem”, disse Bolsonaro, com trechos em letras maiúsculas.

“General e Ministro da Saúde tomou medida sensata de garantir acesso à vacina de qualquer país p salvar vidas. Estamos em guerra contra Covid, q já matou + de 150 mil no Brasil. O presidente não pode desmoralizá-lo e desautorizá-lo nesta luta. Minha total solidariedade ao ministro”, afirmou o governador, através do Twitter.

Outros governadores, como do Espírito Santo, Maranhão, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Piauí e de São Paulo, destacaram a importância do imunizante para o combate ao novo coronavírus. Além disso, disseram que a saúde da população deve estar acima de disputas eleitorais e, sobretudo, ideológicas.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *