Primeiros vacinados em Salvador não relatam efeitos colaterais

Primeiros vacinados em Salvador não relatam efeitos colaterais
Imunizante que vem sendo utilizado é a CoronaVacFoto: Bruno Concha | Secom

Passados dois dias após o início da imunização em Salvador, na última terça-feira, 19, os primeiros vacinados não relataram efeitos colaterais, segundo a informações da prefeitura. O imunizante que vem sendo utilizado é a CoronaVac, cuja composição de vírus vivo atenuado pode promover reações como febre e dores local, de cabeça e no corpo.

Em nota, o órgão aponta, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), que é comum as vacinas terem algum tipo de efeito colateral, a exemplo do sarampo e tétano, que varia conforme a sensibilidade das pessoas às substâncias no composto da vacina.

De acordo com a infectologista da pasta, Adielma Nizarala, é preciso observar os três primeiros dias após a vacinação para ver a resposta inflamatória. A médica recomenda, em caso de dor, o uso de analgésico, não sem antes consultar um médico, e também compressa de gelo no local, a depender do período que comece a incomodar.

Ainda segundo a prefeitura, a primeira vacinada na cidade, a enfermeira Angélica Sobrinho, de 53 anos, afirma não ter tido efeito colateral nenhum, apenas uma leve dor por ter dormido em cima do braço. Já a idosa Heloísa Elias Portela, 89, residente no Abrigo Dom Pedro II disse que ficou um “pouco mole” após a aplicação, mas sem dor ou febre.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *