Praias de Salvador reabrem com restrições a partir desta segunda

Praias de Salvador reabrem com restrições a partir desta segunda
Praias de Salvador vão abrir com restriçõesFoto: Shirley Stolze | Ag. A TARDE

Como medida de flexibilização das suspensões existentes para combate da Covid-19, algumas praias de Salvador voltam a reabrir, com restrições, a partir desta segunda-feira, 21. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto (DEM) na manhã desta sexta-feira, 18, durante inauguração da Lagoa dos Pássaros, localizada no bairro do Stiep, na capital baiana.

As praias do Porto da Barra, na Barra, e do Buracão e Paciência, ambas no bairro do Rio Vermelho, continuarão fechadas.

As praias localizadas em São Tomé do Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã estão liberadas para funcionar de terça à sexta-feira. “Isso porque segunda é dia de aglomeração nestas praias”, explica Neto.

As demais praias da capital baiana vão funcionar de segunda à sexta-feira. As praias em funcionamento terão horário livre nos dias permitidos.

Apesar da liberação, não está permitido a comercialização de qualquer produto na faixa de areia das praias. A prática de esportes também está permitida, desde que seja individual ou em dupla.

Uso de cadeiras, guarda-sol e isopor também não estão permitidos. O uso de máscara será obrigatório na faixa de areia, com exceção dos banhos de mar. Não haverá limite de pessoas, mas o distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores deverá ser respeitado.

“Logo, se tudo der certo, vamos liberar os finais de semana, os comerciantes e a cervejinha na praia. Se as coisas continuarem como estão não vai demorar. Mas estamos fazendo de tudo para continuar cuidando da vida das pessoas, que é o mais importante”, pontua o prefeito.

Fiscalização

A fiscalização vai continuar com a Guarda Civil Municipal (GCM). Se ocorrer aglomeração ou em locais proibidos, a guarda civil vai retirar as pessoas do local. Segundo o prefeito, se a Prefeitura perceber que o descumprimento virar uma regra e não exceção, as praias voltam a fechar.

“Ir ao Porto da Barra mata alguém? Não, mas o coronavírus mata. Então vamos continuar com a fiscalização”.

Praças

Durante a coletiva o prefeito ACM Neto também anunciou que em breve as praças da capital baiana também vão passar pelo processo de reabertura.

“É provável que em poucos dias vamos abrir os parques da cidade, entre eles o parque dos ventos”, diz Neto.

Apesar do anúncio, Neto informou que ainda não se sabe uma data exata que pode ocorrer a liberação das praças de Salvador.

Outras flexibilizações

ACM Neto anunciou ainda a flexibilização de outras atividades já liberadas nas fases da retomada. As concessionárias de veículos estão liberadas para a realização de test drive. Já os cursos livres poderão ampliar o horário de funcionamento até as 22h (antes o limite era 19h).

“O protocolo do test drive das concessionárias será o mesmo das aulas práticas das autoescolas”, comenta ACM Neto.

Com isso, deverá ser disponibilizado álcool em gel 70% em todos os veículos. Além disso, volante, câmbio, freio de mão, maçaneta, espelhos retrovisores, cintos de segurança, tablets e todos os outros pontos de contato nos carros precisarão ser higienizados antes e após cada aula prática. Será obrigatório o uso de máscara dentro do automóvel.

3 comments

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

3 Comments

  • allan
    18 de setembro de 2020, 15:52

    ESSE PREFEITO CONTINUA PENSANDO QUE É O DONO DA CIDADE. AGE COMO SE AS PRAIAS FOSSEM SUAS E MANTÉM SUA INCOERÊNCIA AO REDUZIR A FROTA DE ONIBUS E PROIBIR USO DAS PRAIAS. SANTA IMBECILIDADE ALIADA A INCOERÊNCIA E ARROGÂNCIA. AGLOMERAR NOS ONIBUS FECHADOS PODE, NAS PRAIAS AO AR LIVRE NÃO.

    REPLY
    • Roberto@allan
      21 de setembro de 2020, 10:37

      Bom dia, muito pelo contrário amigo. Ele está flexibilizando pouco a pouco. As pessoas já deixaram de acreditar no vírus , se você optar por abrir todas as praias de uma só vez , só irá resultar em aglomeração. Se salvador tivesse implementado Lockdown desde do início da pandemia. Hoje com toda certeza , já estaríamos com todas as praias abertas.
      Acm neto está fazendo as liberações aos poucos. Sobre os ônibus, por ser transporte coletivo é muito arriscado , já que o vírus sempre de propaga. Menos ônibus , menos pessoas circulando e com isso menos continuação. Os ônibus que circulam são para os trabalhadores que ainda estão em atividade. Aglomera por que as pessoas que saem de casa sem um motivo realmente importante, pegam esse mesmo ônibus.

      REPLY
      • Mylena @Roberto
        29 de setembro de 2020, 08:59

        Provavelmente quem esta falando que a aglomeração em transporte publico não é culpa dos órgãos municipais responsáveis deve ter carro, moto ou no mínimo condições financeiras para estar circulando através de outros meios de transportes particulares. PORQUE A REALIDADE É TOTALMENTE DIFERENTE, os ônibus estão cheios sim e pronto. Existem pessoas como eu e boa parte da minha família que se enquadram no grupo de risco e continua saindo do inicio da pandemia até hoje para trabalhar e sabe o que é ter que ir em pé e apertados dentro de um ônibus que não tem um pingo de higienização para os usuários utilizarem, é uma FALTA DE RESPEITO A VIDA ! ninguém sai de casa porque quer passear não, até porque sabemos q se adoecer o SUS não da a assistência necessária para sobreviver.
        PEGUE QUALQUER ÔNIBUS LAPA VIA SUBURBANA ENTRE OUTROS DAS 05:00 ÀS 09:00 DA MANHÃ E VEJA QUANTAS PESSOAS ESTÃO ” SAINDO SEM MOTIVO REALMENTE IMPORTANTE ” me poupem !

        REPLY