Pau da Lima entra na lista de bairros com medidas restritivas; São Marcos está fora

Pau da Lima entra na lista de bairros com medidas restritivas; São Marcos está fora
Prefeitura levou em consideração o alto índice de contaminação por Covidd-19 em Pau da Lima: 268 no total Foto: Rafael Martins | Ag. A TARDE

O bairro de Pau da Lima, em Salvador, passa a receber, a partir deste domingo, 28, as medidas de restrição impostas pela prefeitura, como uma das ações de combate ao avanço da Covid-19 (novo coronavírus) na capital baiana. A informação foi divulgada pelo prefeito ACM Neto (DEM) durante a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santo Antônio, no Largo de Roma, na Cidade Baixa.

De acordo com Neto, a decisão pelo bairro levou em consideração o número total de infectados pelo novo coronavírus: 268, sendo 238 somente nos últimos 30 dias. Com isso, Pau da Limpa passará a contar com a operação de apoio e proteção à vida pelo prazo inicial de sete dias, que inclui a suspensão de atividades econômicas, testes rápidos, aferição de temperatura, distribuição de máscaras, higienização de ruas, entre outras ações.

O prefeito também anunciou a saída de São Marcos da lista de bairros com medidas restritivas, cujo decreto venceria nesta sexta. A capital baiana contará, a partir de domingo, com 10 localidades com ações restritas: Imbuí, São Cristóvão, Beiru/Tancredo Neves, Fazenda Grande, Paripe, Federação, Engenho Velho da Federação, Santa Cruz. Engenho Velho de Brotas e Pau da Lima.

Inauguração UPA

Os moradores da região da Cidade Baixa, em Salvador, foram beneficiados com a entrega da nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Largo de Roma. A unidade, batizada de UPA Santo Antonio é a décima na capital baiana. De acordo com a prefeitura, o investimento foi de aproximadamente R$ 10 milhões. A UPA funcionará 24 horas por dia, de domingo a domingo, e contará com uma base do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu).

A unidade está equipada com seis consultórios médicos, um consultório odontológico e duas salas de classificação de risco. Considerada a UPA de maior porte da cidade, a unidade terá 191 profissionais trabalhando, entre médicos plantonistas, clínicos, pediatras, ortopedistas e psiquiatras. Os moradores da região ainda vão contar com o serviço de assistência domicilia, com dois médicos generalistas, dois enfermeiros, dois fisioterapeutas e oito técnicos de enfermagem para, em caso de necessidade, o paciente tenha acompanhamento até a alta médica segura. A previsão é a de que a UPA Santo Antônio atenda 10.125 pessoas por mês.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *