Passageiro denuncia aglomeração no transporte público; Semob afirma que vai acompanhar a situação

Passageiro denuncia aglomeração no transporte público; Semob afirma que vai acompanhar a situação
Aglomeração foi registrada na linha Lapa-Barra LB2 no último sábado, 27, mas a mesma situação é observada diariamenteFoto: Divulgação | Cidadão Repórter

Todo dia é mesma coisa. Ônibus lotado, aglomeração e desrespeito às medidas de distanciamento social em função da pandemia da Covid-19. Esta é a rotina do turismólogo Igor Martins, de 36 anos, que precisa se deslocar diariamente do Horto Bela Vista, em Salvador, de onde pega o metrô até a Estação da Lapa. De lá, faz a integração para a Barra, usando a linha Lapa-Barra LB2, até chegar ao trabalho.

No último sábado, 27, quando já estava em vigor o decreto estadual do toque de recolher mais restritivo em toda a Bahia, apenas com o funcionamento de serviços considerados essenciais, a frota de ônibus foi reduzida e quem precisou do transporte coletivo teve que se apertar.

“O motorista só fechou a porta, de tão lotado que estava, por causa do povo, que começou a gritar ‘vai estourar’, ‘absurdo’, e porque outro ônibus parou. É revoltante”, reclama Igor, que precisa usar o transporte também durante os dias úteis e observa a mesma situação às 6h30.

O outro lado

De acordo com a Secretaria de Mobilidade (Semob), informou que, além dos veículos regulares da linha, mantém ônibus reguladores para prestar apoio quando há maior demanda de passageiros. No entanto, segundo a denúncia, não foi observada a disponibilidade de outros coletivos.

Em relação à denúncia de aglomeração, o órgão, responsável pela fiscalização do transporte público, limitou-se a informar que “equipes da pasta irão acompanhar a movimentação da linha com o intuito de realizar os ajustes necessários para evitar aglomerações dentro dos coletivos”.

3 comments

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

3 Comments

  • Aiac Trevor
    2 de março de 2021, 09:57

    Talvez a SEMOB não saiba, mas aqui vai um aviso: desde o início da pandemia os ônibus continuaram LOTADOS, sem falar no metrô, que SEMPRE está com gente aglomerada.
    Depois querem que acreditemos em lágrimas de certos governadores chorões…

    REPLY
  • Ana carla
    2 de março de 2021, 13:05

    Tenho vários vídeos onde mostra a super lotação nos ônibus. Reforço que isso não ocorre só nos ônibus no metrô tbm. Já fiquei 3 horas esperando ônibus até conseguir entrar. Tenho a impressão que o coronavírus ainda não chegou no transporte público. Pois, a irresponsabilidade é tão grande, o descaso é tão assustador que me recuso acreditar que o poder público tanto governo do estado quando municipal tem ciência de tamanha monstruosidade. Reforço, só quem sabe é quem passa. Fico doente ou chego em casa? Pego esse ou me arrisco ainda mais na rua? Quando é último carro a situação ainda é pior. Desculpe o desabafo…. Faltou linha para continuar escrevendo.

    REPLY
  • Fátima Santos
    2 de março de 2021, 16:12

    Boa tarde Srs. Governantes, a situação é de calamidade pública nos transportes públicos. Como manter o distanciamento social se o ônibus está sempre lotado? Como evitar pegar Covid? Muitas vezes andando é mais seguro do que pegar transporte. Cadê a solução secretaria? Não adianta fechar tudo, se as várias pessoas trabalham e necessitam do transporte. Fica aqui minha indignação.

    REPLY