Pandemia da Covid-19 reduz em quase 40% adoções no Brasil

Pandemia da Covid-19 reduz em quase 40% adoções no Brasil
De janeiro a agosto deste ano, número de adoções no país caiu 39% em relação ao mesmo período de 2019Foto: Reprodução | Ninguém Cresce Sozinho

O número de adoções no Brasil caiu quase 40% por causa da pandemia da Covid-19 (novo coronavírus). No período que vai de janeiro a agosto deste ano, o número de adoções no país caiu 39% em relação ao mesmo período de 2019 .

Em todo o Brasil, são mais de 36 mil candidatos a pais e mães e pouco mais de cinco mil crianças e jovens que esperam em abrigos e famílias acolhedoras. A maioria tem mais de 3 anos, muitos têm irmãos, situações que ainda dificultam a adoção. De acordo com a Vara da Infância e da Juventude, a necessidade de fechar os fóruns pelo Brasil por causada quarentena acabou trazendo dificuldade de tocar os processos de adoção, especialmente aqueles processos físicos, aqueles processos em papel.

Ainda segundo a Vara da Infância, nos locais em que os processos já são digitais, ficou um pouco mais fácil de continuar tocando as adoções, inclusive várias foram iniciadas e terminadas mesmo durante a quarentena.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *