Neto projeta anúncio de retomada das aulas para próxima semana

Neto projeta anúncio de retomada das aulas para próxima semana
Prefeito ACM Neto em coletiva |Max Haack | Secom

Por Fernando Valverde

O prefeito ACM Neto durante entrega da Arena Pronaica no bairro de Cajazeiras na manhã desta sexta, 23, projetou o anúncio para a retomada do ensino presencial na capital e no estado. De acordo com Neto, as equipes técnicas das duas gestões estiveram trabalhando após a reunião da última quarta-feira, 21, e estão muito próximas de fechar o protocolo geral para o anúncio conjunto das medidas.

“Já temos praticamente acordo em relação aos protocolos e provavelmente na próxima semana iremos nos pronunciar sobre o assunto”, afirmou o prefeito que prometeu não impor qualquer distinção entre as redes de ensino pública e particular e admitiu a necessidade de comprimir o calendário acadêmico para não atrasar o desenvolvimento dos estudantes.

“Não haverá distinção entre escola pública e particular. O calendário de retorno às aulas será uniforme. Já existe um fosso muito grande entre o aluno da escola pública e o da particular e não iremos permitir que isso se torne ainda mais grave. Além disso, sem dúvidas teremos que compilar dois anos em um. Se conseguirmos voltar esse ano, vamos aproveitar o tempo de 2020 mas temos que formular um conteúdo que garanta o ensino aos alunos”, ponderou.

Medidas restritivas

O prefeito falou ainda sobre a possibilidade de impor novas medidas restritivas aos bairros devido à pandemia do coronavirus. De acordo com o gestor, a análise do último balanço não indica a necessidade de novos decretos, mas a população deve continuar atenta em relação às medidas sanitárias vigentes para impedir novas altas.

“Não há nenhuma cogitação no momento de voltar a impor medidas restritivas nos bairros. Mas não posso deixar de chamar atenção que infelizmente tenho visto muita gente sem máscara. Fazemos o apelo para que usem. Estamos nessa desde março e não podemos deixar de observar o que tá acontecendo mundo afora. Há um risco de segunda onda. Está acontecendo em outros lugares e pode acontecer aqui também”.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *