‘Não adianta querer impor algo nacional’, diz Mourão sobre pedido de toque de recolher

‘Não adianta querer impor algo nacional’, diz Mourão sobre pedido de toque de recolher
Vice-presidente defende vacinação e conscientização para reduzir casos de Covid-19 no paísFoto: Agência Brasil

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta terça-feira, 2, que ‘não adianta querer impor’ medidas nacionais para restringir a circulação de pessoas e tentar reduzir os casos de Covid-19. Segundo ele, a solução é acelerar a vacinação e realizar de campanhas de conscientização da população.

Mourão fez o comentário após ter sido questionado a respeito da carta escrita pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) que sugeriu medidas urgentes contra o iminente colapso das redes pública e privada de saúde diante do aumento dos casos de Covid-19. Entre as sugestões está um toque de recolher nacional das 20h até as 6h da manhã.

“Cada população tem sua característica, se você analisar o país são cinco países diferentes em um só, o Norte é uma coisa, Nordeste é outra, etc e tal. Então, não adianta você querer impor algo nacional. E aí como é que você vai fazer isso para valer? A imposição? Nós não somos ditadura. Ditadura é fácil, sai dando bangornada em todo mundo”, afirmou ele em entrevista ao chegar ao Palácio do Planalto nesta terça, 2.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *