MP instaura procedimento administrativo para fiscalizar abrigos em Itaberaba após surto de coronavírus

MP instaura procedimento administrativo para fiscalizar abrigos em Itaberaba após surto de coronavírus
Na Associação Lar dos Velhos, 14 idosos e sete funcionários testaram positivo para o novo coronavírusFoto: Divulgação | DPU

Após a Associação Lar dos Velhos, localizada em Itaberaba (a 287 km de Salvador), ser atingida por um surto da covid-19, o Ministério Público estadual (MPBA) instaurou um procedimento administrativo para fiscalizar essa e mais duas instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) no município baiano. Além da Associação Lar dos Velhos, a Associação Maria Milza e Movimento Comunitário Nossa Senhora das Graças também foram incluídos nas ações preventivas do órgão.

Conforme o MPBA, o procedimento administrativo também se aplica a Secretaria Municipal de Saúde. Dentre as medidas recomendadas pela Justiça baiana, estão a restrição às visitas dos familiares, a manutenção de informar diariamente aos responsáveis pelos idosos acerca de suas condições de saúde, proporcionar contato por telefonemas e videochamadas e fornecer os equipamentos necessários aos funcionários e gestores.

A promotora de Justiça Marisa Marinho da Comarca de Itaberaba oficiou a Secretaria de Saúde de Itaberaba sobre casos de idosos que apresentarem quaisquer sintomas da doença, promovendo, de imediato, a retirada do residente do convívio comunitário, no prazo de 48 horas.

Também foi requerido à entidade, a realização de testes rápidos para o diagnóstico da Covid-19 em todos os idosos abrigados nos  ILPI’s do município de Itaberaba, e disponibilize, aos abrigos, termômetros digitais infravermelhos certificados pelo Inmetro. O órgão tem 24 horas para cumprir as ações, contando a partir do recebimento do ofício de solicitação.

Na Associação Lar dos Velhos, 14 idosos e sete funcionários testaram positivo para o novo coronavírus. Dos internos infeccionados são dez homens e quatro mulheres, entre 70 e 100 anos. Segundo a direção do local, apesar de alguns terem problemas cardíacos e hipertensão arterial, todos estão bem e sem sintomas da doença.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *