Moderna tem esperança de entregar sua vacina antes do Natal

Moderna tem esperança de entregar sua vacina antes do Natal
Produto da Moderna está sendo estudado com mais de 30 mil participantesFoto: Joel Saget | AFP

Por Issam Ahmed | AFP

A esperança de uma primeira rodada de vacinação contra a covid-19 antes do fim de 2020 foi reforçada pelo laboratório americano Moderna, que solicitou na segunda-feira uma autorização emergencial da sua vacina nos Estados Unidos e na Europa.

A Moderna informou que os resultados completos confirmaram uma eficácia elevada da vacina, estimada em 94,1%.

A empresa se uniu desta maneira à americana Pfizer e sua parceira alemão, BioNTech, que na semana passada solicitou uma aprovação semelhante para sua vacina e prevê a luz verde nos Estados Unidos para a partir de 10 de dezembro.

Se o FDA, agência de controle de alimentos e medicamentos dos EUA, confirmar que o produto da Moderna é seguro e eficaz, a primeira das duas doses da vacina poderia ser administrada a milhões de americanos em meados de dezembro.

“Acreditamos que nossa vacina proporcionará uma nova e poderosa ferramenta que pode mudar o curso desta pandemia”, afirmou o CEO da Moderna, Stephane Bancel.

O produto da Moderna está sendo estudado em um ensaio clínico com mais de 30 mil participantes nos Estados Unidos.

A expectativa da empresa é ter cerca de 20 milhões de doses da vacina, chamada de mRNA-1273, disponíveis nos EUA até o final do ano. E em 2021, espera fabricar entre 500 milhões e 1 bilhão de doses em nível global.

Mas, para ter sucesso, as vacinas terão que superar a desinformação e a desconfiança, alertou o presidente da Federação Internacional da Cruz Vermelha, Francesco Rocca, nesta segunda.

“De acordo com um estudo recente da Universidade Johns Hopkins em 67 países, a aceitação de uma vacina diminuiu significativamente na maioria dos países entre julho e outubro”, disse Rocca.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *