Ministério da Saúde propõe reduzir isolamento em locais com 50% da capacidade de saúde vaga

Ministério da Saúde propõe reduzir isolamento em locais com 50% da capacidade de saúde vaga
Se aprovada, a medida passaria a valer na segunda-feira, 13Foto: Reprodução | Freepik

O Ministério da Saúde propôs nesta segunda-feira, 6, a redução parcial do isolamento social em cidades e estados que tenham metade dos leitos e outras estruturas de saúde vagas. Se aprovada, a medida passaria a valer na segunda-feira, 13. Assim, algumas cidades poderiam passar do Distanciamento Social Ampliado (DSA) para uma transição ao Distanciamento Social Seletivo.

De acordo com documento do ministério, o Distanciamento Social Ampliado (DSA), que é o vivido hoje na Bahia, não possui limitações apenas para grupos específicos. Já no Seletivo (DSS), apenas alguns grupos considerados de risco ficariam isolados. Pessoas com menos de 60 anos e sem condições que elevam o risco de casos graves poderão circular livremente.

Cidades que não tenham mais de 50% dos leitos vagos, entre outros critérios médicos, deverão manter o Distanciamento Social Ampliado até que o sistema de saúde se estabilize. De acordo com o último balanço dos casos de Covid-19, o Brasil possui, até o momento, 12.056 casos confirmados com 553 mortes e uma taxa de letalidade de 4,6%.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *