Leo Prates faz apelo à UFBA após irmã ter parto com Covid-19

Leo Prates faz apelo à UFBA após irmã ter parto com Covid-19
Segundo secretário, a CIB recomendou que a maternidade fosse dedicada à Covid-19Foto: Reprodução | Twitter

O secretário municipal da Saúde, Leo Prates, fez um apelo à Universidade Federal da Bahia (UFBA), neste sábado, 4, através de uma publicação no Twitter. Segundo ele, a irmã teve diagnóstico positivo para a Covid-19 durante a gravidez e teve o parto ainda infectada, na Maternidade Climério de Oliveira, na instituição.

De acordo com o secretário, a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) recomendou que a unidade fosse maternidade dedicada à Covid-19, pois Salvador ainda não possui uma maternidade focada em atender pacientes com diagnóstico positivo.

“A Climério tem UTI. A CIB recomendou que a Climério fosse maternidade COVID , que SSA não tem. Por que a UFBA não quer ajudar? Faço este apelo”, escreveu Leo Prates no Twitter.

Ele continuou: “Nenhum funcionário da Climério teve COVID até hoje? Nenhum dos partos feitos a gestante tinha COVID? Os profissionais de saúde da Climério são exclusivos da maternidade? A COVID tá aí! Ontem 9 pessoas da SMS positivaram”.

Alguns usuários comentaram que era um questionamento válido e pontuaram também que a universidade deveria publicar uma nota justificando o embargo. Além disso, enfatizaram que era preciso cuidado para não colocar a sociedade contra a instituição e que também seria bom senso evitar que “mulheres pobres e seus bebês sejam contaminados pela Covid-19”.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *