Justiça proíbe governo de medir temperatura de passageiros; Rui promete recorrer

Justiça proíbe governo de medir temperatura de passageiros; Rui promete recorrer
Governador criticou decisão da Anvisa de recorrer de liminar |Foto: Felipe Iruatã | Ag. A TARDE

O governador Rui Costa afirmou nesta terça-feira, 24, que a Justiça Federal suspendeu a liminar que permitia ao Estado medir a temperatura de passageiros no aeroporto de Salvador, como medida para evitar a proliferação do novo coronavírus (Covid-19) na Bahia. O governo vai recorrer da decisão. 

De acordo com o petista, a suspensão atendeu pedido feito pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que ingressou com recurso contra determinação judicial que obrigava o órgão a deixar que a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) instalasse barreira sanitária no aeroporto. O governo estadual recorreu à Justiça após tentar, duas vezes, medir a temperatura de passageiros de voos recém-chegados, mas ser barrado pela Agência.

Em postagem no Twitter, Rui criticou a Anvisa pela medida. “Não consigo entender a Anvisa, que está nos impedindo de fazer a medição da temperatura das pessoas que chegam à Bahia. A Anvisa entrou na Justiça para barrar nosso trabalho. Acho inadmissível tamanha resistência de uma agência que deveria cuidar das pessoas. Vamos recorrer”, disse.

3 comments

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

3 Comments

  • Sheila
    24 de março de 2020, 12:26

    Surreal!

    REPLY
  • everaldo silva
    24 de março de 2020, 16:21

    Deve ser a mando do poderoso chefão, já que as autarquias são subordinadas ao poder executivo, ou seja, ao governo federal afim de boicotar o nordeste, já que os estados do eixo estão com casos alarmantes. E aqui no Nordeste, eles tem poucos votos, eles só pensam em politica, o bem comum passam longe da percepcão deles.

    REPLY