Justiça Federal suspende aplicação do Enem no Amazonas

Justiça Federal suspende aplicação do Enem no Amazonas
Decisão foi tomada por causa do risco de contaminação na segunda onda da pandemia da Covid-19Foto: Michael Dantas | AFP

A Justiça Federal, por meio do juiz Ricardo Augusto de Sales, da 3ª Vara Federal Cível do Amazonas, decidiu, nesta quarta-feira, 13, suspender a aplicação do Exame do Nacional do Ensino Médio (Enem) no estado em função da segunda onda da pandemia da Covid-19. As provas estão marcadas para ocorrer nos dois próximos domingos, dias 17 e 24 de janeiro.

Em um trecho da decisão, o juiz relata que a aplicação da prova vai colocar candidatos e profissionais responsáveis pela aplicação do Enem “a potenciais riscos de contaminação pela Covid-19, numa situação na qual o Poder Público não dispõe de estrutura hospitalar-sanitária para dar o socorro médico devido àqueles que eventualmente necessitarem”. A ação foi apresentada pelo deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) e pelo vereador de Manaus Amon Mandel (Pode).

Entre outras coisas, eles destacaram o colapso do sistema público de saúde e disseram que o Governo do Estado decretou estado de calamidade pública por 180 dias. O juiz estabeleceu, ainda, uma multa diária no valor de R$ 100 mil em caso de descumprimento da determinação.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *