Governo vai enviar SMS para quem recebeu auxílio emergencial indevidamente

Governo vai enviar SMS para quem recebeu auxílio emergencial indevidamente
Medida deve começar a partir do próximo fim de semanaFoto: Ilustrativa | Freepik

Mais de 2,6 milhões de pessoas que receberam auxílio emergencial indevidamente deverão receber, ainda este mês, um SMS do governo federal. A medida, que deve começar a partir do próximo fim de semana, tem como objetivo incentivar a devolução do benefício aos cofres públicos.

Ao todo, aproximadamente 4,8 milhões de mensagens de celular estão previstas para serem enviadas pelo Ministério da Cidadania “considerando a possibilidade do órgão enviar uma mensagem de reforço para o público que não proceder com a devolução após o recebimento da 1ª SMS”, segundo informações do G1.

Conforme a publicação, se cada um desses beneficiários acionados devolvesse, ao menos, uma parcela de R$ 600, o governo poderia reaver R$ 1,57 bilhão. O Ministério da Cidadania ainda aguarda a lista de contatos telefônicos. Os envios devem custar R$ 162 mil.

Em novembro, uma lista de beneficiários irregulares foi divulgada e incluía pessoas com CPFs irregulares, rendimentos acima do limite, cargos eletivos, militares e servidores públicos.

O recebimento indevido do auxílio emergencial pode acarretar em infração prevista no art. 2º da Lei n.º 13.982/2020, segundo o Ministério da Cidadania.

1 comment

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

1 Comment

  • Caio Dantas
    5 de dezembro de 2020, 12:10

    Que de fod4 bolsonaro da e devolve eh put4 safad4

    REPLY