Governo do Pará proíbe embarcações com passageiros do Amazonas para conter avanço da Covid-19

Governo do Pará proíbe embarcações com passageiros do Amazonas para conter avanço da Covid-19
O anúncio da proibição vem no momento em que o número de sepultamentos em Manaus cresceu mais de 190% em um mêsFoto: Florence Goisnard | AFP

As embarcações com passageiros originários do Amazonas estão proibidas de cruzar a divisa e entrar no Pará, a partir desta quinta-feira, 14. A determinação é do governador Helder Barbalho (MDB), que assinou decreto como uma forma de proteger os cidadãos paraenses de um aumento do número de casos da Covid-19 e internações.

Pela medida, A Polícia Militar ficará responsável por  monitorar as embarcações e as aeronaves. O anúncio da proibição vem no momento em que o número de sepultamentos em Manaus cresceu mais de 190% em um mês em meio ao aumento do número de infectados pelo coronavírus no Amazonas. Por causa do aumento dos casos de covid-19, o prefeito de Manaus, David Almeida, decretou estado de emergência em Manaus pelo período de 180 dias para conter o avanço da pandemia na capital amazonense.

Na terça-feira, 12, o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) havia confirmado a identificação de uma nova linhagem do vírus com origem no Amazonas.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *