EUA passam a exigir testes negativos de coronavírus para entrada no país

EUA passam a exigir testes negativos de coronavírus para entrada no país
Decisão amplia uma norma sobre exames adotada em dezembroFoto: Arquivo | AFP

Os viajantes que chegarem de avião aos Estados Unidos deverão apresentar um teste negativo para Covid-19 realizado nos três dias anteriores ao voo, a partir de 26 de janeiro, informaram os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) nesta terça-feira, 12.

“O teste não elimina todos os riscos, mas quando combinado com um período de quarentena e precauções diárias como o uso da máscara e o distanciamento social pode tornar a viagem mais segura”, explicou o diretor dos CDC, Robert Redfield.

A decisão amplia uma norma sobre exames adotada em dezembro, após o surgimento da cepa britânica do coronavírus, muito mais contagiosa do que aquela que assola o mundo há um ano.

Outras variantes também foram relatadas na África do Sul e no Brasil. O Japão afirmou nesta terça-feira que está trabalhando para isolar e analisar uma variante encontrada em quatro passageiros oriundos do Brasil.

Os CDC também recomendam que os viajantes façam novos testes dentro de três a cinco dias após a chegada e que fiquem confinados por pelo menos uma semana.

Os testes devem ser para “infecção atual” e os passageiros devem fornecer às companhias aéreas uma prova escrita de seus resultados antes do embarque. Epidemiologistas alertaram que as cepas mais novas e contagiosas provavelmente já estão nos Estados Unidos, onde mais de 379 mil pessoas já morreram de Covid-19.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *