Devido à pandemia, TSE autoriza convenções partidárias virtuais

Devido à pandemia, TSE autoriza convenções partidárias virtuais
Conforme Calendário Eleitoral, as convenções deverão ser feitas entre o dia 20 de julho e 5 de agosto.Foto: Elza Fiúza | Agência Brasil

Em razão da pandemia da Covid-19, por unanimidade de votos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirma que os partidos políticos podem realizar as convenções partidárias por meio virtual para escolher os candidatos que irão disputar as eleições em 2020.

A decisão surgiu de uma resposta de consulta formulada pelo deputado federal Hiram Manuel (PP-RR). As convenções serão realizadas de acordo com o calendário eleitoral, entre 20 de julho e 5 de agosto.

De acordo com o relator, ministro Luis Felipe Salomão, as convenções devem seguir as regras e procedimentos previstos na Lei n° 9.504/97 e na Res. TSE 23.609/2019. Além de respeitar as normas partidárias das legendas, os partidos terão autonomia para usarem a ferramenta tecnológica que avaliar a mais adequada para a ação.

“As convenções partidárias constituem etapa das mais relevantes do macro processo eleitoral, porquanto objetivam a escolha, no âmbito interno dos partidos políticos, dos pré-candidatos que virão a representar os ideais, as aspirações e os programas das legendas nas campanhas”, destacou o ministro em votação

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *