Detran-BA anuncia CRLV-e obrigatório a partir desta segunda

Detran-BA anuncia CRLV-e obrigatório a partir desta segunda
A pessoa poderá baixar gratuitamente o CRLV eletrônico no site do SAC Digital de forma simples e rápidaDivulgação | Detran

O governador da Bahia, Rui Costa (PT-BA), anunciou na tarde desta quarta-feira, 22, a implantação, por parte do Detran, da obrigatoriedade da versão eletrônica do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV-e). A medida entrará em vigor a partir da próxima segunda-feira, 27.

De acordo com o órgão de trânsito, a versão impressa e a segunda via do documento deixarão de existir, mas o cidadão poderá fazer uma cópia do CRLV-e em casa. Os atuais documentos impressos continuarão valendo. 

Essas ações fazem parte da medida n° 180/2019, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A ideia é que seja solicitado a adaptação dos estados à mudança até 30 de junho deste ano. Por conta da pandemia do coronavírus, o departamento de trânsito da Bahia decidiu se antecipar à causa.

“Aceleramos a implantação da novidade, em parceria com a Secretaria da Administração (Saeb), por meio do SAC Digital, para oferecer essa facilidade aos baianos, ainda no período de isolamento social”, ressaltou o diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel.

A pessoa poderá baixar gratuitamente o CRLV eletrônico no site do SAC Digital de forma simples e rápida. O documento será liberado para quem estiver com o licenciamento do veículo em dia. Na mesma plataforma, o usuário terá a opção de fazer uma cópia do CRLV-e.

“Consideramos uma transformação na nossa relação com os proprietários de veículos. A substituição do CRLV impresso pela versão digital acabará com o envio do documento pelos Correios, o que vai gerar economia para o Estado e trazer mais comodidade ao cidadão”, concluiu Pimentel.

8 comments

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

8 Comments

  • Faber Vieira
    22 de abril de 2020, 18:55

    Massa…. só não explicaram uma coisa.. e SE EU NÃO TIVER CELULAR?! Ou SE ESTIVER QUEBRADO?! SEM BATERIA?! Faz como… o carro vai preso?!
    Mais uma forma desse órgão corrupto ganhar dinheiro do cidadão… Pilantragem tamanho G!

    REPLY
  • Tácio
    22 de abril de 2020, 19:13

    Leia a matéria de novo e veja que "Os atuais documentos impressos continuarão valendo."

    REPLY
    • Raphael Cunha@Tácio
      23 de abril de 2020, 08:37

      Mas então a versão digital não é “obrigatória” como a matéria diz.

      REPLY
  • Rafael Sampaio
    22 de abril de 2020, 20:09

    Os atuais continuarão valendo, mas pelo que entendi os próximos serão apenas digital. Não haverá mais a opção em papel. Ai vem a pergunta do colega. Para quem não tem celular, quem perdeu, foi roubado, descarregou ou qualquer outro motivo de não ter o celular na hora, vai fazer como?? E quem emprestar o carro a algum amigo ou familiar, um carro alugado… fica como essa situação?

    REPLY
    • HELDER @Rafael Sampaio
      22 de abril de 2020, 21:15

      É só fazer uma impressão é deixar no carro, a impressão feita a partir do documento baixado também vale.

      REPLY
  • Robson
    22 de abril de 2020, 22:39

    Seu canalha ladrão do povo!!

    REPLY
  • Raphael Cunna
    23 de abril de 2020, 08:35

    Se poderá fazer uma cópia física em casa e o atuais impressos continuam valendo, então a versão digital não é obrigatório. Matéria confusa.

    REPLY
    • Jsgomes@Raphael Cunna
      23 de abril de 2020, 10:57

      O cadastro digital servirá para o agente de trânsito ou do órgão em específico fazer a consulta em serviços e/ou blitz.

      REPLY