Depois de furar fila da vacina, general da Espanha pede demissão do cargo

Depois de furar fila da vacina, general da Espanha pede demissão do cargo
O general é o número um das Forças Armadas espanholas e foi imunizado contra a Covid-19 assim como outros nomes da cúpula do órgãoFoto: Divulgação

O Chefe do Estado-Maior da Espanha, Miguel Ángel Villarroya, pediu demissão do cargo, neste sábado, 23, depois de ter furado a fila da vacina no país. O general é o número um das Forças Armadas espanholas e foi imunizado contra a Covid-19 assim como outros nomes da cúpula do órgão, descumprindo os protocolos de prioridades estabelecidos pela União Europeia (UE).

O pedido de demissão foi enviado à ministra da Defesa, Margarita Robles, mas, apesar de o ministério não se manifestar, a imprensa local informou que o pedido foi aceito. Os países da UE começaram as campanhas de vacinação no dia 27 de dezembro. Moradores de asilos para idosos e profissionais de saúde são os primeiros a receber o imunizante. No total, os 27 países da União Europeia têm aproximadamente 450 milhões de habitantes.

Nesta semana, foi veiculada a notícia de que uma lista de políticos espanhóis, de diversos partidos, havia se vacinado sem autorização. Avançando nas investigações, foi descoberto que nomes das Forças Armadas haviam feito o mesmo, incluindo o general Villarroya.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *