Com retorno do isolamento social, educador físico dá 5 dicas de exercícios em casa

Com retorno do isolamento social, educador físico dá 5 dicas de exercícios em casa
Profissional destaca que é essencial fugir do sedentarismo, inovar e se adaptarFoto: Freepik

A obrigatoriedade do isolamento e distanciamento social tem imposto à população a reinvenção de tarefas antes comuns, a exemplo da prática de esportes, exercícios e atividades físicas.Importante para a manutenção da saúde física e emocional, a prática regular de treinos auxilia na melhora do sistema imunológico e no combate às doenças crônicas, fatores agravantes às consequências do novo coronavírus.

O personal trainer e educador físico Sidney Araújo destaca que é essencial fugir do sedentarismo, inovar e se adaptar ao cenário que está no alcance.

“É necessário disposição e criatividade, afinal podemos nos moldar diante do que temos em casa e praticar um treino de qualidade. Dentre os diversos exercícios possíveis, podemos aplicar treinos em que utilizamos o peso do próprio corpo, sem a necessidade de equipamento ou material de alto custo e de fácil armazenamento, a exemplo do polichinelo, flexão de braço, agachamento livre e abdominal no solo”, destaca o profissional.

Na intenção de minimizar o impacto do isolamento na saúde da população, Sidney Araújo orienta jovens e adultos a manterem suas rotinas – mesmo que em casa; controlar o tempo de inatividade e sedentarismo; utilizar o máximo de elementos disponíveis para exercício; e investir em atividades que agrupem bem-estar físico e psicológico.

“Manter a prática regular de atividade física oferece inúmeros benefícios físicos, emocionais e psicológicos, a exemplo da sensação de bem-estar e controle da ansiedade”, explica Sidney.

Confira 5 exercícios:

  1. Flexão de braço no solo “apoio”: excelente exercício para tríceps, peitoral e deltoides que, quando realizado da forma correta, também fortalecem a lombar e o core;
  2. Abdominal reto: indicado para o fortalecimento do músculo do abdômen; definição e tonificação do pack;
  3. Agachamento livre: direcionado para o fortalecimento do core, diminuição do risco de lesões, tonificação e condicionamento das coxas e dos glúteos;
  4. Polichinelo: excelente aeróbico sem necessidade de deslocamento, onde auxilia a disposição cardiorrespiratória, melhorando a coordenação motora e contribui no emagrecimento;
  5. Prancha isométrica: um dos exercícios mais importantes, na minha concepção, e que não pode faltar na rotina de treino, seja na academia ou em casa. Dentre inúmeros benefícios, vale destacar: aceleração metabólica e melhora na postura, deixando o corpo mais forte e tonificado.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *