Com 39 novos casos em Salvador, Bahia chega a 460 óbitos por Covid-19

Com 39 novos casos em Salvador, Bahia chega a 460 óbitos por Covid-19

A Bahia registrou novos casos de coronavírus neste domingo, 24. De acordo com a atualização do boletim da Sesab, no Estado há um total de 13.899 pessoas infectadas – o que corresponde 15,82% das notificações. O número de óbitos, que ontem fechou em 413, atingiu a marca de 460.

Até então os números gerais apontam 13.899 casos confirmados, 3.965 recuperados e 460 óbitos, 9.474 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19 – chamados de casos ativos. A pasta ressalta que 190 casos confirmados aguardam validação dos municípios. Na Bahia, 2.094 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 246 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,83%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (4.239,97), Ipiaú (3.923,88), Itabuna (3.878,57), Ilhéus (3.172,61) e Salvador (2.998,59)

O boletim epidemiológico registra 35.981 casos descartados e 87.847 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h deste domingo (24).

Mortes por coronavírus

A mortes mais recentes registradas pela Sesab apontam 39 vítimas de Salvador e oito do interior do Estado. As idades variam de 33 a 102 anos, conforme a descrição abaixo:

414º óbito – mulher, 70 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. Internada dia 12/05, veio a óbito dia 18/05, em hospital público, em Salvador;

415º óbito – homem, 52 anos, residente em Salvador, portador de obesidade e hipertensão arterial sistêmica. Internado dia 14/05, veio a óbito dia 19/05 em hospital público, em Salvador;

416º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 18/05, veio a óbito no mesmo dia (18/05), em hospital público, em Salvador;

417º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de obstrução intestinal. Internado dia 22/04, veio a óbito dia 07/05, em hospital público, em Salvador;

418º óbito – homem, 54 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 08/05, veio a óbito dia 17/05, em hospital público, em Salvador;

419º óbito – homem, 68 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 06/05, veio a óbito dia 20/05, em hospital público, em Salvador;

420º óbito – homem, 60 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e doença cardiovascular crônica. Internado dia 01/05, veio a óbito dia 16/05, em hospital público, em Salvador;

421º óbito – homem, 52 anos, residente em Salvador, portador de doença renal e insuficiência renal crônicas. Sem data de internação, foi a óbito dia 17/05, em hospital público, em salvador;

422º óbito – homem, 83 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, doença pulmonar prévia e doença renal. Internado dia 28/04, veio a óbito dia 15/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

423º óbito – mulher, 82 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e obesidade. Sem data de internação, foi a óbito dia 17/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

424º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência cardíaca congestiva e miocardiopatia isquêmica. Internado dia 05/05, veio a óbito no mesmo dia (05/05), em hospital público, em Salvador;

425º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de doença pulmonar obstrutiva crônica e insuficiência cardíaca grave. Sem data de internação, veio a óbito dia 26/04, em hospital da rede privada, em Salvador;

426º óbito – mulher, 59 anos, residente em Salvador, portadora de artrite reumatóide. Sem data de admissão, veio a óbito dia 16/05, em unidade pública, em Salvador;

427º óbito – homem, 93 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Sem data de internação, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

428º óbito – mulher, 88 anos, residente em Salvador, cardiopata e hipertensa. Sem data de internação, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

429º óbito – homem, 63 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência cardíaca congestiva. Sem data de internação, veio a óbito dia 10/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

430º óbito – homem, 72 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência renal crônica e diabetes mellitus. Sem data de internação, veio a óbito dia 08/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

431º – óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de anemia falciforme e insuficiência renal aguda. Sem data de internação, foi a óbito dia 11/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

432º óbito – homem, 38 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Sem data de internação, foi a óbito dia 08/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

433º óbito – mulher, 60 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

434º óbito – homem, 46 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Sem data de internação, veio a óbito dia 10/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

435º óbito – homem, 64 anos, residente em Salvador, sem comorbidade, data de internamento não informada, veio a óbito dia 14/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

436º óbito – mulher, 75 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e hipertensão arterial, data de internamento não informada, veio a óbito dia 09/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

437º óbito – homem, 33 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de internamento não informada, veio a óbito dia 14/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

438º óbito – mulher, 50 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 14/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

439º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 15/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

440º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de sequelas de acidente cardiovascular (AVC). Sem data de internação informada, veio a óbito dia 17/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

441º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

442º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede federal, em Salvador;

443º óbito – mulher, 87 anos, residente em Salvador, portadora de senilidade, veio a óbito dia 21/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

444º óbito – mulher, 63 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 21/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

445º óbito – mulher, 49 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, e hipertensão arterial, veio a óbito dia 17/05, em seu domicílio, em Salvador;

446º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial, veio a óbito dia 14/05, em seu domicílio, em Salvador;

447º óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação, veio a óbito dia 12/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

448º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e cardiopatia não especificada. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

449º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de demência. Internada dia 12/05, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

450º óbito – homem, 57 anos, residente em Salvador, comorbidade diabetes, internado no di15/05, veio a óbito dia 22/05, em unidade filantrópica, em Salvador;

451º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e hipertensão arterial, internada no dia 07/05, veio a óbito dia 13/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

452º óbito – mulher, 68 anos, residente em Salvador, comorbidade neoplasia, internada dia 05/05, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

453º óbito – homem, 71 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, internado no dia 07/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

454º óbito – homem, 102 anos, residente em Ilhéus, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 04/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

455º óbito – homem, 84 anos, residente em Ilhéus, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 08/05, veio a óbito dia 12/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

456º óbito – mulher, 72 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, internada no dia 14/05, veio a óbito dia 22/05, em unidade da rede privada, em Ilhéus;

457º óbito – mulher, 67 anos, residente em Uruçuca, comorbidade hipertensão arterial, internada no dia 02/05, veio a óbito dia 02/05, em unidade da rede pública, em Uruçuca;

458º óbito – mulher, 86 anos, residente em Uruçuca, comorbidades hipertensão arterial e diabetes, internada no dia 27/04, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede privada, em Ilhéus;

459º óbito – mulher, 64 anos, residente em Itacaré, comorbidade diabetes e hipertensão arterial, internada no dia 04/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

460º óbito – homem, 66 anos, residente em Uruçuca, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 06/04, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede pública, em Uruçuca.

Faixa etária

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 44,05% foram do sexo feminino, 36,49% do sexo masculino e 19% sem informação. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 21,81% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 ou mais (1.462,60/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (1.321,64/1.000.000 habitantes).

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *