Bolsonaro diz que não vai comprar vacina chinesa, mesmo com aprovação da Anvisa

Bolsonaro diz que não vai comprar vacina chinesa, mesmo com aprovação da Anvisa
Há um "descrédito muito grande", disse BolsonaroFoto: Evaristo Sá | AFP

O presidente Jair Bolsonaro disse que a Coronavac, imunizante que vem sendo testado no Brasil pelo Instituto Butantan, não será comprada pelo governo federal, mesmo que seja possivelmente aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em entrevista à rádio Jovem Pan, na quarta-feira, 21, Bolsonaro afirmou que há um “descrédito muito grande” em relação ao imunizante e sugeriu que não aceitará ser vacinado contra a doença.

“A da China nós não compraremos, é decisão minha. Eu não acredito que ela transmita segurança suficiente para a população. Esse é o pensamento nosso. Tenho certeza que outras vacinas que estão em estudo poderão ser comprovadas cientificamente, não sei quando, pode durar anos”, disse Bolsonaro.

“A China, lamentavelmente, já existe um descrédito muito grande por parte da população, até porque, como muitos dizem, esse vírus teria nascido por lá”, acrescentou, embora não tenha evidenciado provas. A vacina é do laboratório chinês Sinovac Biotech e está sendo testada no Brasil pelo Instituto Butantan. 

“A ideia é dar espaço a outras vacinas mais confiáveis”, citou o presidente.

“Não será comprado”, disse o presidente na quarta, ao desautorizar a intenção de compra de 46 milhões de doses da Coronavac, anunciada pelo ministro Eduardo Pazuello, da pasta de Saúde.

Ainda durante a entrevista à rádio Jovem Pan, Bolsonaro disse que Pazuello se “precipitou” e ressaltou que deveria ter sido avisado antes da decisão ser tomada. No entanto, elogiou Pazuello e afirmou que o ministro permanece no cargo.

“Eu sou o militar, o Pazuello também o é, e nós sabemos que quando um chefe decide, o subordinado cumpre. Ele, no meu entender, houve uma certa precipitação em assinar esse protocolo. É uma decisão tão importante, e eu deveria ser informado”, disse.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *