Atraso de insumos faz Fiocruz adiar entrega de doses de vacina para março

Atraso de insumos faz Fiocruz adiar entrega de doses de vacina para março
Fiocruz informa que a chegada do IFA está prevista para 23 de janeiroFoto: Peter Ilicciev | Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) adiou do início de fevereiro para março a entrega das primeiras doses da vacina da AstraZeneca a serem produzidas no Brasil. Isso acontece após o atraso na chegada do insumo farmacêutico ativo (IFA) da China, que era esperado para o início deste mês, mas que ainda não foi recebido.

Inicialmente, a Fiocruz esperava entregar o primeiro 1 milhão de doses da vacina desenvolvida pela AstraZeneca e a Universidade de Oxford produzidas pela fundação entre 8 a 12 de fevereiro, mas esse calendário contava com a chegada em 9 de janeiro do insumo farmacêutico ativo (IFA) a ser importado da China.

Ainda que os insumos já estejam prontos para serem transportados para o Brasil, o processo precisa de um ação do governo chinês.

O presidente Jair Bolsonaro já teve problemas com o embaixador chinês e chegou a proibir que auxiliares conversassem com Wanming. Filho do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL) também já fez críticas ao diplomata e ao país e responsabilizou a China pela pandemia do coronavírus.

A informação foi divulgada no ofício enviado pela Fiocruz ao Ministério Público Federal (MPF) no âmbito de apuração dos procuradores sobre o andamento dos trabalhos para a vacinação no país contra a Covid-19, informaram a Fiocruz e o MPF.

No documento, a Fiocruz informa que a chegada do IFA está prevista para 23 de janeiro e que estima que as primeiras doses serão disponibilizadas ao Ministério da Saúde no início de março.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *