Anvisa recomenda continuidade do uso da vacina AstraZeneca/Oxford, apesar da suspensão em países europeus

Anvisa recomenda continuidade do uso da vacina AstraZeneca/Oxford, apesar da suspensão em países europeus
Segundo a Anvisa, o lote da vacina que deu início às suspensões feitas por alguns países não veio para o BrasilFoto: Divulgação | Fiocruz

Após suspensão do uso da vacina contra a Covid-19 AstraZeneca/Oxford em países europeus, como medida preventiva, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a continuidade do uso do imunizante na população brasileira. De acordo com o a Anvisa, “até o momento, o uso das vacinas aplicadas no Brasil é seguro e não há motivo para a adoção de qualquer medida sanitária”.

O comunicado sobre o monitoramento de eventos adversos relacionados ao imunizante ocorreu após reunião entre representantes do órgão de vigilância sanitária e autoridades regulatórias de vários países e também da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

A discussão técnica apontou para a necessidade de apresentação de outros dados e o aprofundamento das investigações nos países da Europa, como Alemanha, França e Itália, que justificaram a suspensão temporária do uso da vacina Astrazeneca/Oxford após relatos de aparecimento de coágulos sanguíneos nas pessoas que receberam a dose do imunizante. Segundo a Anvisa, o lote da vacina que deu início às suspensões feitas por alguns países não veio para o Brasil.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *