ACM Neto fala sobre indícios de momento mais tranquilo da pandemia

ACM Neto fala sobre indícios de momento mais tranquilo da pandemia
Prefeito frisou que ainda não deu para medir o impacto da reabertura da fase umFoto: Valter Pontes | Secom

O prefeito ACM Neto disse, nesta sexta-feira, 31, que há vários indícios de que Salvador já vive um momento mais tranquilo em relação à pandemia do novo coronavírus. Ele ainda ressaltou que não é tempo de baixar a guarda e pediu que tanto os poderes públicos quanto a sociedade continuem mobilizados contra a doença. 

Na quinta-feira, a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para tratar pacientes com a Covid-19 chegou a 68%. Segundo a Prefeitura, também houve um saldo positivos de 35 leitos e o número de sepultamentos em cemitérios municipais foi de nove, inferior à média diária de 15. 

Além disso, o prefeito frisou que ainda não deu para medir o impacto da reabertura da fase um das atividades econômicas, culturais e religiosas da cidade, que teve início no último dia 24. Esse fator só deve ser sentido na rede de saúde depois de 15 dias.

“As taxas de ocupação de leitos que registramos essa semana ainda não refletem o impacto da fase um de reabertura, o que só deveremos ter no final da semana que vem. Mas o fato é que essa taxa já chegou a 88%. E, depois disso, começamos um movimento de queda e ontem tivemos o melhor desempenho depois de maio. Não podemos, agora, jogar tudo isso fora. Temos que continuar firmes na luta, fazendo essa reabertura de forma criteriosa e segura”, destacou ACM Neto. 

O gestor ainda informou que até segunda-feira, 3, deve ser publicado no Diário Oficial do Município (DOM) os protocolos setoriais para aquelas atividades que reabrem na fase dois da retomada. São elas: academias de ginásticas e similares, barbearias, salões de beleza, centros culturais, museus, galerias de arte, lanchonetes, bares e restaurantes.

Para que Salvador entre na segunda fase de retomada, além dos 14 dias de intervalo da primeira, é necessário que existam, nesse período de tempo, cinco dias com a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em no máximo 70%. É possível que a capital baiana entre na fase dois no próximo dia 7.

O prefeito reforçou ainda que, em relação às praias e escolas, haverá um protocolo específico, que não está ligado a nenhuma das três fases da retomada. “Isso vale também para as etapas da fase um que ainda não tiveram início (a exemplo das áreas de alimentação dos shoppings). Vamos analisar tudo com calma. O que vai acontecer agora é nos prepararmos para a fase dois de reabertura”, concluiu.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *