Para conter avanço do coronavírus, governo brasileiro pretende monitorar celulares

Para conter avanço do coronavírus, governo brasileiro pretende monitorar celulares

O governo brasileiro adotará uma medida pra lá de polêmica. Na tentativa de evitar aglomerações e conter o avanço do coronavírus em todo o país, o governo pretende ter acesso aos dados das operadoras de celulares e monitorar a população. Especialistas alertam que este tipo de vigilância não pode levar à violação do direito à privacidade assegurado na legislação.

De acordo com o SindiTelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal), os dados referentes a quase 220 milhões de aparelhos celulares serão repassados, com um dia de atraso, de modo aglomerado, estatístico e anonimizado, a partir da coleta de informações por quase 100 mil antenas. O sistema deve ficar pronto em até duas semanas.

Nos moldes atuais, o sistema em desenvolvimento no Brasil não permite ao governo federal ter acesso à identidade e ao número de telefone das pessoas que transitam pelas ruas com esses aparelhos, como tem ocorrido em outros países, a exemplo da China, Coreia do Sul e Israel.

4 comments

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

4 Comments

  • Carlos
    4 de abril de 2020, 14:50

    Eu não concordo. Decisão errada.

    REPLY
    • Shaillene@Carlos
      4 de abril de 2020, 17:42

      Eu acho que a decisão é certa. Pois, tem grupos e instituições com diversos interesses, religiosos, políticos, e financeiros, já invadindo celulares das pessoas em todo o Brasil. Então, invade mesmo todo mundo e pega essa gente espúria e aplica a lei.

      REPLY
  • João Carlos Pimentel Borges
    4 de abril de 2020, 19:41

    Se vai resolver alguma coisa ninguém sabe. Mas que independentemente disso já tem muita gente invadindo celulares por aí,não tenho dúvida.

    REPLY
  • Waslon
    5 de abril de 2020, 12:20

    Ao contrário do que diz a matéria, é possível localizar um CPF específico a partir do número do celular a ele associado. A polícia faz isso com muita frequência.

    REPLY