Pandemia causa recorde de mortes na Espanha e Itália

Pandemia causa recorde de mortes na Espanha e Itália
O epicentro da pandemia se mantém na Europa, com 313.801 casos diagnosticados oficialmenteFoto: Matthias Rietschel | AFP

Por AFP

A pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 26 mil pessoas no mundo, continuava se propagando nesta sexta-feira na Europa, onde Itália e Espanha registraram um número recorde de mortos em um dia e o premier britânico, Boris Johnson, testou positivo para a doença.

O epicentro da pandemia se mantém na Europa, com 313.801 casos diagnosticados oficialmente entre os mais de 572 mil em todo o mundo, segundo um balanço feito pela AFP. Mas em progressão geométrica, devido à aceleração dos testes, os Estados Unidos detêm o recorde de país mais afetado, com 94.238 casos.

Ao reportar nesta sexta um recorde de quase mil mortos em 24 horas, a Itália, que aguarda o pico dos óbitos para os próximos dias, lidera a lista, com 9.134, seguida da Espanha (4.858), que também registrou uma nova marca, com 769 mortos em um dia.

“A carência crônica mundial de equipamentos de proteção individual é, agora, uma das ameaças mais iminentes à nossa capacidade coletiva de salvar vidas”, advertiu hoje o chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Frente ao avanço da doença, França e Bélgica estenderam o confinamento para até 15 e 18 de abril, respectivamente. O premier britânico, Boris Johnson, e seu secretário de Saúde, Matt Hancock, anunciaram hoje que estão com a doença. Em conversa telefônica, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desejou a Johnson uma pronta recuperação.

“Esta é uma pandemia sem precedentes, que atinge os países mais fortes do mundo e que adotam gradualmente as medidas que a Itália implementa há algum tempo”, disse Domenico Arcuri, comissário designado pelo governo italiano para combater o novo coronavírus.

Já de manhã, o Instituto Superior da Saúde (ISS) havia alertado que o pico da pandemia ainda não havia sido atingido na península, e que poderia ocorrer nos próximos dias.

“Quero deixar claro um ponto. Não atingimos o pico, não o excedemos. Temos sinais de desaceleração (do número de casos), o que nos faz acreditar que estamos perto dele”, ressaltou o chefe do ISS, Silvio Brusaferro, à imprensa.

Observando que “as medidas adotadas”, como o confinamento dos italianos ou a proibição de atividades em todas as áreas não essenciais “têm tido efeito”, Brusaferro enfatizou que “o crescimento do número de novos casos está desacelerando, mas não está diminuindo”.

Vírus ganha força na América Latina e África

Na América Latina, há ordens de confinamento obrigatório em países como Argentina, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Panamá e El Salvador, toques de recolher prolongados em Chile, Honduras, Peru e Guatemala, e fechamentos de fronteira generalizados. Quatro passageiros de idade avançada morreram no transatlântico “Zaandam”, ancorado no Panamá.

Os países com maior número de infectados são Brasil, com 2.915 (77 mortos); Equador, com 1.403 (34); e Chile, con 1.610, (5).

Assim como a África, a América Latina tem índices de pobreza elevados e países que já enfrentavam crises internas. Na África, o vírus continuava se propagando hoje, e o continente já registrava 3.826 infectados e 114 mortos.

A África do Sul iniciou hoje o confinamento de sua população por três semanas e registrou os primeiros dois mortos. O país mais industrializado da África é, de longe, o mais afetado pela doença, com 927 casos entre seus 57 milhões de habitantes.

Recessão

Preocupados com a aceleração da pandemia em Europa e Estados Unidos, os mercados despencaram hoje, em meio a advertências de que a economia mundial entrou em recessão, como a feita pela diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva.

O novo coronavírus paralisou a atividade em vários setores e levou mais de 3 bilhões de pessoas a ficarem confinadas em casa. A pandemia vai provocar uma queda de 20% a 30% no turismo mundial em 2020, segundo a Organização Mundial do Turismo.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *