Justiça proíbe Bolsonaro de adotar medidas contra o isolamento

Justiça proíbe Bolsonaro de adotar medidas contra o isolamento
Secom lançou nesta sexta-feira, 27, uma campanha contra o isolamento, com o slogan "O Brasil não pode parar"Foto: Carolina Antunes | PR

O governo federal foi proibido pela Justiça de adotar medidas contrárias ao isolamento social como forma de prevenção ao coronavírus. A validade de dois decretos editados pelo presidente Jair Bolsonaro, que classificaram igrejas e casas lotéricas como serviços essenciais, também foram suspensas.

De acordo com informações do Uol, a medida tem efeito imediato e vale para todo o Brasil. Na terça-feira, 24, Bolsonaro fez um pronunciamento oficial criticando medidas de bloqueio e isolamento adotadas por governadores e prefeitos, defendendo que a população voltasse para as atividades normais, com excessão de idosos e demais integrantes de grupos de risco. Nesta sexta-feira, 27, a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) lançou uma campanha publicitária contra o isolamento, com o slogan “O Brasil não pode parar”.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *