Geraldo Júnior indica suspensão de parcelas de créditos consignados para servidores

Geraldo Júnior indica suspensão de parcelas de créditos consignados para servidores
Geraldo Júnior é presidente da Câmara de Salvador |Rafael Martins | Ag. A TARDE

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Geraldo Júnior (MDB), indicou ao Executivo municipal o envio à Casa de um projeto de lei instituindo a suspensão das parcelas vencidas, a partir do mês de abril, e por 90 dias subsequentes, dos contratos de crédito consignado firmados entres servidores públicos municipais e a rede bancária credenciada.

A medida visa compensar a redução da renda familiar dos servidores públicos municipais, em razão das medidas de isolamento social adotadas pelo Executivo municipal seguindo os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo Geraldo, esta é a única forma de prevenção e combate à pandemia do novo coronavírus.

“Além de indicar ao prefeito ACM Neto essas medidas de suspensão da cobrança dos créditos consignados dos servidores municipais, solicitei à Procuradoria da Casa e à Diretoria Administrativa avaliações técnico-jurídicas para que possamos adotar as mesmas medidas na Câmara Municipal”, afirma Geraldo Júnior.

“Essa suspensão irá possibilitar menores transtornos no seio familiar e que as pessoas possam continuar no isolamento social, preconizado por todas as autoridades mundiais em saúde pública”, conclui.

2 comments

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

2 Comments

  • UELINTON
    9 de abril de 2020, 12:42

    JUSTO!

    REPLY
  • MARIA DALVA ARAUJO DE OLIVEIRA NASCIMENTO
    9 de abril de 2020, 16:07

    EXEMPLO QUE O GOVERNADOR RUI COSTA DEVERIA SEGUIR COM OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO ESTADO.

    REPLY