Defensoria Pública cria canal para mapear falta de água na Bahia

Defensoria Pública cria canal para mapear falta de água na Bahia
Parte de Salvador está sem água desde sexta-feira| Foto: Cidadão Repórter

Problema crônico para os baianos, a falta de água agora será monitorada pela Defensoria Pública do Estado (DPE-BA). De acordo com o órgão, o desabastecimento do bem natural pode trazer consequências mais graves em tempos de pandemia do coronavírus.

Pensando nisso, a DPE criou um formulário exclusivamente para receber demandas de casos de falta de água nos municípios baianos. Por meio do recurso, a população poderá fornecer informações como se o local sofre com problema de desabastecimento frequentemente, se há tubulação para água encanada e o período com ausência de água.

“De posse dessas informações, a Defensoria poderá adotar medidas para resguardar de forma mais eficiente o direito da população. Também precisamos saber se essa falta de água é proveniente de desabastecimento por parte da Embasa ou se é por falta de pagamento”, explica a defensora pública Ariana Sousa, coordenadora da Especializada Cível da DPE.

Desde sexta-feira, 27, parte de Salvador e cidades da Região Metropolitana estão sem abastecimento de água, por conta do rompimento em uma adutora. Conforme nota emitida pela Embasa, neste domingo, 29, o serviço só deverá ser normalizado a partir desta terça-feira, 31.

Para preencher o formulário clique aqui.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *