Coronavírus: cerca de 30 mil presos deixam as penitenciárias do país

Coronavírus: cerca de 30 mil presos deixam as penitenciárias do país
A medida visa evitar a superlotação nas cadeiasFoto: Marco Aurélio Maris | Ag. A TARDE

 Com o objetivo de diminuir a superlotação em meio à pandemia do novo coronavírus o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, divulgou que cerca de 30 mil presos deixaram as penitenciárias brasileiras do país após recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Como forma de inibir o contágio entre funcionários e detentos, a recomendação do CNJ foi de que os juízes liberassem as saídas de presos dentro do grupo de risco da doença (idosos e pessoas com histórico de doença crônica), segundo informações divulgadas pelo jornal O Globo.

“Considerando o número elevado de pessoas que saíram dos estabelecimentos penais, em alguns casos, até mesmo sem a utilização de tornozeleiras eletrônicas, solicitamos que os dados dos presos, inclusive seus endereços de prisão domiciliar, bem como a localização dos monitorados eletronicamente, sejam informados às polícias dos respectivos Estados”, ressaltou a Depen às secretarias estaduais.

Últimas Notícias

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *